16 de dez de 2008

Desabafo

Às vezes eu me pergunto por que para algumas pessoas certas coisas são tão difíceis. Eu sei sim que cada um de nós tem seus questionamentos e tem principalmente seu próprio tempo para resolver cada uma de suas singulares questões. Acontece que o que eu mais gostaria de saber é porque você faz de conta que não se importa.
E aqui estou novamente em uma posição que eu conheço muito bem, esperando do lado de fora da porta que você não quis me deixar entrar. Já caminhei hoje pelas ruas afora tentando não pensar em ti e e nas coisas que você me disse, porém sem sucesso. Cada uma de suas palavras me bateram como um martelo bate a cabeça de um prego.
Cada minuto que foi gasto não foi perdido... e eu sei que independente de tudo isso, nada será perdido... eu só queria saber porque você entrou tanto em minha cabeça e agora insiste em sair de forma inexplicável e sem razão... e eu tenho vontade de gritar, de berrar pedindo para que você não saia... mas eu não farei isso. Minhas palavras já o farão por si só.
E agora me pergunto onde está a minha força quando eu mais preciso dela? Talvez eu tenha deixado contigo quando eu te ofereci todas as forças que eu tinha para estar ao seu lado venha o que vier... e você descartou as minhas forças... pra que? por que? o que você ganha privando-se de ser o que quiser? O que você ganha cavando em si mesmo um mundo que nem você sabe explicar? Você não enxerga que virando as costas para tudo isso você apaga todas as luzes acesas ao longo deste caminho?
Eu quis tanto te ajudar... eu quis tanto estar ao seu lado incondicionalmente e você não aceitou. Me diz o que foi? Foi medo? Foi insegurança? O que foi então? Me diz, pois você sabe que aquilo não foi suficiente, não foi tudo... você não me trouxe a verdade como sempre soube que o poderia fazer. por que não confias em mim? por que não quer deixar que tenhamos uma chance? Eu como te disse, jamais faria algo que pudesse te prejudicar.
Eu gosto tanto de ti... e você não leva isso a sério. Não levou a sério tudo o que eu quis mostrar a ti.
E agora você diz que tudo está errado e que isto está te matando, mas que de qualquer forma, está tudo acabado agora. Pra que deixar tudo acabar assim tão fácil? Lute! Lute comigo! Lute pelo que você quer! Lute pelo que queremos! Não temos culpa de nada! Apenas queremos ser felizes... e podemos ser felizes.
Acredite, se você diz que isto está te matando... você não sabe como estou me sentindo. Mas vou mostrar para ti que está tudo bem, sabe por que? Por que eu prometi ser sua fortaleza, eu prometi te dar a mão e enxugar suas lágrimas quando você precisasse, e prometi que sempre que você precisasse eu estaria ali para dizer que está tudo bem. E apesar de eu estar destruído por dentro, eu já estou me recuperando, pra te dar o suporte que for preciso! Sabe porque?
Por que eu gosto de você! E por gostar de você, eu estou aqui, firme e forte. Recomposto da confusão de sentimentos que tive hoje. Mas estou aqui. Acredite, ainda estou aqui para ti. É só você dizer que sim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário